Voltar

 
www.azeitao.net

Azeitão, uma região a descobrir!      
 
 
motivação
A escassos quilómetros de Lisboa, a serra da Arrábida, situada entre Setúbal e Sesimbra, é um lugar verdadeiramente paradisíaco. Parta à descoberta desta serra e da sua área envolvente, onde, além de uma paisagem única e exemplarmente preservada, vai poder usufruir de um clima invejável. Prepare-se para deleitar-se com a riqueza monumental, natural e gastronómica de uma das mais belas regiões de Portugal. mais »

 
 
a não perder
A melhor forma de explorar o Parque Natural da Arrábida é a pé. Entre pela zona das praias ou pelo interior e atravesse os vales e as montanhas da serra.

Lá no alto, esteja atento às pequenas guaritas construídas pelas mãos de frades franciscanos que, por entre curvas e contracurvas, surgem na escarpa da serra. Observe o convento da Arrábida, construção do século XVI, caiado de branco, que mais parece estar plantado na encosta.

Aproveite, mais abaixo, na costa, mas encaixado numa escarpa, o Portinho da Arrábida. Um local que proporciona uma vista magnífica sobre a serra e o mar.

 
 
onde fica
Situada no distrito de Setúbal, a sul de Lisboa, a região de Azeitão divide-se administrativa, geografica e religiosamente em duas áreas e duas freguesias: Vila Nogueira de Azeitão (Freguesia de São Lourenço) e Vila Fresca de Azeitão (Freguesia de São Simão).

 
 
como chegar
De automóvel. Partindo de Lisboa, siga pela Ponte Vasco da Gama e apanhe a A-12 em direcção a Setúbal. No cruzamento de Setúbal, siga as indicações para a serra da Arrábida.

Partindo do Porto, apanhe a A-1 até Lisboa e depois prossiga pelo itinerário acima indicado.

 
 
faca e garfo
A proximidade do litoral origina uma oferta diversificada de pratos confeccionados com peixe fresco e bom marisco. A caldeirada, o ensopado de enguias, a sopa de tamboril com poejos, as cadelinhas e os carapaus assados são algumas das especialidades mais apreciadas.

Na doçaria, muito rica e variada, em Azeitão, não é difícil encontrar sítio onde provar as famosas tortas de ovos moles e canela. Também há os queijinhos de ovos, mais doces, ou ainda o verdadeiro queijo de Azeitão. De tamanho pequeno, e talvez o queijo mais caro produzido em Portugal, esta relíquia, de casca fina e textura amanteigada, é feita com leite de ovelha e resulta do escoamento lento da coalhada, após coagulação do leite cru com flor de cardo.

 
 
beleza natural
A riqueza do solo, o relevo da serra, a proximidade do oceano e o clima ameno são factores que contribuíram para a formação de espécies raras de vegetação mediterrânea, transformando a Arrábida num local de beleza singular. Estão registadas 213 espécies de vertebrados, das quais 8 são anfíbios, 16 são répteis, 154 são aves e 35 são mamíferos. Um número considerável, tendo em conta que as zonas húmidas constituem uma pequena percentagem do território.

 
 
 
cultura
A palavra Azeitão deriva de azzeittum, vocábulo de origem árabe, que refere os extensos olivais encontrados, quando aquele povo chegou a esta região. Hoje, as vinhas coabitam com o crescimento imobiliário. Nos últimos anos, a denominada "Sintra da Margem Sul", além de muito procurada para residência, apesar dos elevados preços dos terrenos, tem-se tornado refúgio de férias para todos aqueles que apreciam montanha e praia, bem pertinho uma da outra.

 
 
sabia que
José Maria da Fonseca é o mais conhecido produtor do Moscatel de Setúbal, natural de Nelas e instalado em Vila Nogueira desde 1830. A fama do seu vinho chega aos quatro cantos do mundo e, também por isso, a família decidiu abrir aos visitantes as portas da sua casa-museu, uma obra do arquitecto Ernesto Korrodi, situada na principal rua da vila. Visite também a firma Bacalhoa Vinhos

 
 
história
Os mais antigos vestígios da presença humana na serra da Arrábida remontam ao período do paleolítico inferior (há cerca de 400 mil a 200 mil anos). Mas é da época da colonização romana que existem inúmeros testemunhos, em especial nas zonas mais planas junto às margens do rio e mar.

Da Idade Média, Renascimento e Barroco existem alguns vestígios dignos de importância, como capelas, conventos e palácios senhoriais, de que são exemplo o convento da Arrábida, o Palácio da Bacalhoa ou a Quinta das Torres.


 
 
 
clima
O clima da região é temperado, de características mediterrânicas, influenciado pela a acção amenizadora do mar.

 
  onde ficar

a oferta de alojamento não é grande mas é de qualidade.   mais »

 
 
 Para conhecer melhor
  Museu Sebastião da Gama
Convento da Arrábida
Forte de Santa Maria da Arrábida
Igreja de São Julião - Setúbal
Igreja de São Lourenço - Vila Nogueira de Azeitão
Igreja de São Simão - Vila Fresca de Azeitão
Mosteiro de Jesus em Setúbal
Museu Arqueológico e Etnográfico de Setúbal
Museu do Convento de Jesus - Setúbal
Museu do Trabalho Michel Giacometti - Setúbal
Sé Catedral de Setúbal
Casa Bocage - Galeria de Arte Visual - Setúbal
Casa do Corpo Santo - Museu do Barroco - Setúbal
Castelo ou Forte de São Filipe

mais »

 
 Natureza
  Praia da Figueirinha - Setúbal
Praia da Rasca - Setúbal
Praia de Albarquel - Setúbal
Praia de Alpertuche - Portinho da Arrábida
Praia de Creiro - Setúbal
Praia de Galapos - Setúbal
Praia do Galapinhos - Setúbal
Praia do Portinho da Arrábida
Praia dos Coelhos - Setúbal

Parque Natural da Arrábida
Relevo:
Localiza-se sobre um maciço calcário de baixa altitude que se estende paralelamente à costa numa orientação SW-NE. Abrange as Serras do Risco, Arrábida, S. Luís, Gaiteiros, S. Francisco e Louro, separadas por amplos vales.
Altitude :
máxima: 499 m ( Alto do Formosinho )
minima: 0 m (profundidade: -100 m)
Clima:
Mediterrâneo com influência atlântica.
Valor Natural:
A Serra da Arrábida constitui uma área de reduzida superfície mas muito complexa no respeitante aos elementos naturais que a caracterizam. O interesse geológico centra-se nos acidentes de relevo, nos afloramentos rochosos - calcários brancos do Sul e cinzentos do Norte - e na existência da brecha da Arrábida. Do ponto de vista botânico a serra, um maciço calcário coberto por exuberante manto vegetal, inclui a amostra mais importante e significativa de maquis mediterrânico no país. Esta vegetação ainda hoje forma densos maciços com porte arbóreo na Mata Coberta, na Mata do Solitário e na Mata dos Vidais apresentando-se sob a forma de matagal, em diferentes graus de degradação, na maior parte da serra. No domínio zoológico deve destacar-se a fauna marinha, não só na Pedra da Anicha como ao longo de toda a Costa da Arrábida, um dos sectores melhor conservados a nível nacional, área privilegiada de criação de várias espécies marinhas. É também de assinalar uma grande diversidade no domínio da avifauna, destacando-se algumas espécies de presa que nidificam nas escarpas. A natureza calcárea do maciço da Arrábida proporciona também a existência de muitas grutas, as quais constituem o abrigo privilegiado de várias espécies de morcegos cavernícolas ameaçadas.

mais »
 

 
 Turismo activo
  PARQUE NATURAL DA ARRÁBIDA
Percursos Pedestres

1 - Nome do percurso: Moinhos
Início: Serra do Louro / Palmela
Distância: 13 Km
Duração: 2h30m
Pontos de interesse: Moinhos da Serra do Louro, Estação arqueológica de Chibanes, Aldeia da Quinta do Anjo (Sepulturas do Neolítico), Queijarias (queijo de Azeitão)
Grau de dificuldade: médio
Percurso Circular
2 - Nome do Percurso : S. Luís
Início: Capela de S. Luís da Serra
Distância : 8 Km
Duração : 1h 30m
Pontos de Interesse: Capela de S. Luís da Serra (Arquitectura Popular)
Estação arqueológica do Pedrão - Povoado do calcolítico ocupado no Séc I a. C. - Idade do Ferro.Vistas panorâmicas em todos os quadrantes.
Grau de dificuldade: médio

mais »

 

® www.azeitao.net - © Todos os direitos reservados - Bernardo Costa Ramos
 

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 PUBLICITE neste site!

Este site foi compilado com optimização para uso com o Internet Explorer 4 ou superior. Embora funcione noutros browsers (por exemplo, Netscape), muitas das funções não terão pleno funcionamento, podendo igualmente existir configurações distorcidas.

 :: © Bernardo Costa Ramos  :: www.azeitao.net  ::  Azeitão, uma região a descobrir! ™ ::

Visite ainda: www.saboresdeazeitao.com  ::  www.bacalhoa.eu

Declaração de exoneração de responsabilidade :: Sobre o sítio/site www.azeitao.net