Antes de Vila Fresca

 

Vila Fresca

 

Quinta da Bacalhoa

 

O lago da Quinta da Bacalhoa

 

O rio São Simão

 

A Ermida de Nª Senhora das Necessidades e A Cruz das Vendas
[Home]
 

Vila Fresca de Azeitão

Freguesia de São Simão

A Freguesia de São Simão de Azeitão compõe-se de uma Vila e quatro Aldeias, havendo ainda alguns lugares...

  FOTOS >> Fotos da Vila 

[mapa da região]

A informação que a seguir se transcreve foi retirada da Monografia sobre São Simão do Sr. Joaquim de Oliveira. Seria um acréscimo à cultura desta região se esta monografia vissem a sua publicação tornada realidade.

SÃO SIMÃO DE AZEITÃO

SITUAÇÃO E LIMITES

Situa-se a Freguesia de São Simão de Azeitão, na Província da Estremadura, Distrito, Concelho e Comarca de Setúbal. Encontra-se, sensivelmente, a 38 º e 30 ' de Latitude Setentrional e a 9 º e 18 ' de Longitude Ocidental do Meridiano de Greenwich, ocupando uma área de 21 quilómetros quadrados, aproximadamente.
A Freguesia de São Simão é limitada:
A Norte, pelo Concelho do Barreiro, Freguesia de Coina;
A Sul, pelo Oceano Atlântico;
A Nascente, pelos Concelhos de Palmela e Setúbal, Freguesia da Anunciada;
Do Oceano Atlântico, (Pedra da Anicha e Monte da Areia) até ao Concelho (Penalva e Marco Furado); no sentido Norte-Sul, corre a linha de "fronteira" com a outra freguesia de Azeitão, São Lourenço.

Sobre estes limites, o padre desta paróquia, Manuel José de Távora, numa informação de 1758 (Dicionário Geográfico, Torre do Tombo), escreveu: "(...) está situada esta terra nas abas de uma serra a quem os nacionais não dão nome, a qual um vistoso vale lhe embaraça a vizinhança da Serra da Arrábida: pela parte do sul lhe fica a dita serra que lhe embaraça a dilatar as vistas; do Sul para o poente descobre o Castelo de Sesimbra, que dista légua e meia, Nossa Senhora do Cabo, que dista quatro léguas. Pela parte do Nascente descobre-se a Vila de Palmela; e continuando a vista para o Norte se vê a Senhora da Atalaia, no alto de uma campina, de que dista quatro léguas ; também se vê a Cidade de Lisboa de que dista três léguas de mar, servindo-se pelo porto de Coina, mais imediato a esta terra, e se vê grande parte do Termo de Lisboa, e a levantada Serra de Sintra que desta terra dista nove léguas e meia ... " Sobre o mesmo tema, o Padre Luis Cardoso, numa informação para o Dicionário Geográfico, em 1747, escreveu : "(...) AZEITAM São Simão de Azeitão, Freguezia na Província da Extremadura, Patriarcado de Lisboa, Comarca de Setuval, termo da Villa de Cezimbra. Está situada no valle do limite de Azeitão, e tem de comprimento hum quarto de legua em cuja distancia se incluem cinco aldeas, de que se compoem a Freguezia, a saber, Camarate, Pinheiros, Vendas, e Villa Fresca antigamente, e hoje por corrupção do vocabulo Villa Freixe, e Castanhos. Ennobrece esta Freguezia a quinta do Conde do Prado e Marquêz das Minas Dom António de Sousa, e a de Joseph de Mello, porteiro mór ..."

DIVISÃO ADMINISTRATIVA E POPULAÇÃO

A Freguesia de São Simão de Azeitão compõe-se de uma Vila e quatro Aldeias, havendo ainda alguns lugares: Vila Fresca de Azeitão, Sede da Freguesia e da Paróquia de São Simão de Azeitão, e as Aldeias de Vendas de Azeitão, onde está instalada a Sede da Junta de Freguesia, Pinheiros de Azeitão e Brejos de São Simão de Azeitão. Bacalhoa, Pacheca e Palhavã, são os lugares mais importantes. No meio rural, temos os Arneiros e Alcube.

A população da freguesia, segundo o censo de 1991, ronda pelos quatro milhares, mas dada a reconhecida deficiência do processo, os números são muito duvidosos.
Eleitores inscritos nos Cadernos Eleitorais: 3.016 ( Maio de 1994)
A respeito das povoações que fazem parte da freguesia, o Relatório feito em 1758, pelo Pároco Manuel José de Távora, informa que: "(...) esta freguesia tem cinco Aldeias que estão seguidas de poente a Levante. A primeira se chama Aldeia dos Castanhos ; segunda Vila Frexe, a que os antigos chamavam com grande acerto Vila Fresca pelo muito ameno que de quintas esta aldeia tinha. A terceira Aldeia (é) da Venda, por onde passa uma estrada pública de Coina para a Vila de Setúbal ; quarta a Aldeia de Pinheiros ; quinta a Aldeia de Camarate . A primeira chamada de Castanhos tem quarenta e sete pessoas ; a de Vila Frexe tem cento e setenta pessoas ; a de Pinheiros tem trinta ; a de camarate tem quarenta pessoas ; e as mais que fazem o número seiscentas e sessenta e duas ... vivem em quintas e casais em toda a distância da Freguesia "

ORIGEM DO NOME DA FREGUESIA

Para se obter uma resposta sobre as razões que presidiram à escolha do Apóstolo São Simão - o Cananeu - para Orago da nossa freguesia, teremos que nos consubstanciar nos poucos indícios documentais disponíveis, entre os quais se devem referir os que se detectaram nos seguintes documentos:

  • - Relatórios de Visitações da Ordem de Santiago;

  • - Testamento de Afonso Brás de Albuquerque;

  • - Enciclopédia Geográfica;

  • - Textos de Oliveira Parreira.

A saber, do "Relatório da Visitação da Ordem de Santiago, em 1516, à Capela de São Simão, em Vila Fresca (aldeia) ": "(...) Visitámos a dita ermida a qual tem na capela um altar de alvenaria forrado de azulejo e assim o assento debaixo também forrado; e encima do dito altar está a imagem de São Simão a qual é de pau... Achamos por informação de algumas pessoas que a dita ermida era tão antiga que não há memória de quem a fundou ou edificou de novo..."

Mais tarde, em 1553, do " Relatório da Visitação da Ordem de Santiago à Ermida de São Simão, situada em Azeitão junto à Quinta de Afonso Brás de Albuquerque": "(...) A Ermida tem um altar de alvenaria ... sobre ele um retábulo de madeira de bordo em preto de um painel e no meio a imagem de São Simão a ele arrimada de vulto de madeira, cujo orago é a Ermida ..."

No testamento de Afonso Brás de Albuquerque há também uma referência sobre a intenção religiosa que o motivou a mandar construir a Igreja de São Simão, em Vila Fresca: "(...) Como o culto de São Simão está muito esquecido determino a construção desta igreja, com destino à Paróquia ... porque sempre foi minha vontade de acrescentar e aumentar o serviço do Senhor Deus e honra de São Simão que tão esquecido estava para efeito do qual mandei fazer a dita Igreja com muito gosto e contentamento ..."

Quanto ao texto sobre a Freguesia de São Simão contido na Enciclopédia Geográfica, ficamos a saber que na nossa terra, o culto a São Simão remonta provavelmente ao século XII:

Diz a Enciclopédia: "(...) Em traços largos, pode resumir-se a história desta freguesia em um povoamento pré-histórico... e repovoamento pela Ordem de Santiago que funda a Igreja de São Simão (séc. XII - XIV), razão por que a freguesia foi curato da Ordem, o que é indício, como o orago, etc, de antiguidade. Repovoamento esse já por certo iniciado por D. Sancho I na carta de foral de 1201 "vobis populatoribus de Sisimbria" e seu termo, o qual englobava de certo Azeitão..."

Sobre o assunto diz, o ilustre Azeitonense, A. M. Oliveira Parreira : Igreja de São Simão "(...) A Igreja de São Simão foi construida no local onde havia uma capela destinada a São Simão, onde em tempos muito anteriores concorriam romarias de diversos pontos..."

Em face destes elementos (e de outros também consultados) e, sem especular, poderemos deduzir que o culto a São Simão, Apóstolo, era prestado desde tempos imemoriais por terras de Vila Fresca e arredores, e que esse culto estava de tal forma arreigado no povo que conseguiu sobreviver e ultrapassar alguns acidentes de percurso.
Cabe aqui dar algumas breves referências sobre o Apóstolo São Simão, o Cananeu : São Simão, Apóstolo, tem no seio da Igreja Católica um lugar relevante. Foi um dos companheiros de jornada de Jesus Cristo e por ser natural de Canãa, chamavam-lhe o "Cananeu". Diz a tradição que morreu mártir, na Pérsia, ao serviço do Apostolado e da Evangelização e, que o instrumento do seu martírio foi o serrote. Uma célebre pintura de Rubens, executada para o Duque de Lerna - entre 1612 e 1613 - que se encontra no Museu do Prado, em Madrid, apresenta São Simão, tendo na mão esquerda as Sagradas Escrituras, pousadas - na vertical - sobre o seu instrumento de suplício, um serrote utilizado pelos carrascos.
Também, uma imponente escultura, em pedra, representando a figura de São Simão, Apóstolo, que se encontra no interior do Convento de Mafra, apresenta o nosso Orago com a mão pousada sobre um serrote. É a imagem mais grandiosa que conheço configurando São Simão. De notar que a Imagem de São Simão, que está na Igreja de seu nome, em Vila Fresca de Azeitão, está serrada ao meio, sendo por encaixe que ela se complementa.

Da Bíblia: "Marcos: 3.13 - E subiu (Cristo) a um monte e convocou os que quis, e eles foram ter com ele. 14. - e formou (um grupo de) doze, aos quais chamou também de "apóstolos" para que continuassem com ele e para que pudessem enviá-los a pregar. 15. - e a ter autoridade para expulsar os demónios. 16. - e os dos doze que formou eram Simão, a quem deu o sobrenome de Pedro. 17. - e Tiago o (filho) de Zebedeu, e João, irmão de Tiago, aos quais deu o nome de Boaherges, isto é, filhos do Trovão. 18. - e André, e Filipe, e Bartolomeu, e Mateus, e Tomé, e Tiago (filho) de Alfeu, e Tadeu, e Simão, o Cananita. 19. - e Judas Iscariotes que mais tarde o traiu".
Como pormenor, acrescento que S. Lucas chama "Zelote" a São Simão, para indicar que este tinha um temperamento ardente.


Dê-nos a sua opinião

www.azeitao.net, uma região a descobrir

© Todos os direitos reservados - Bernardo Costa Ramos

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 PUBLICITE neste site!

Este site foi compilado com optimização para uso com o Internet Explorer 4 ou superior. Embora funcione noutros browsers (por exemplo, Netscape), muitas das funções não terão pleno funcionamento, podendo igualmente existir configurações distorcidas.

 :: © Bernardo Costa Ramos  :: www.azeitao.net  ::  Azeitão, uma região a descobrir! ™ ::

Visite ainda: www.saboresdeazeitao.com  ::  www.bacalhoa.eu

Declaração de exoneração de responsabilidade :: Sobre o sítio/site www.azeitao.net